As Irreverentes Esculturas de Praga

Praga, capital da República Tcheca e uma das mais belas cidades do mundo, é conhecida pelo seu rico acervo medieval e barroco. A Ponte Carlos, o Castelo de Praga e o Relógio Astronômico são os pontos turísticos mais visitados da cidade. Contudo, andando por suas ruas, é possível encontrar diversas esculturas, ao ar livre, e em harmônico equilíbrio com a paisagem. A maioria dessas são de autoria de David Cerny, artista tcheco (nascido em 1967), que possui obras de sucesso em vários outros países. As esculturas chamam a atenção pela irreverência e mensagem provocativa, particularmente, de natureza política.

Localizada na praça à frente do Museu do Káfka, estão duas estátuas masculinas que parecem urinar em uma pequena piscina, no formato do mapa da República Tcheca. As estátuas são articuladas e ficam em constante movimento.

 

Estátuas de David Cerny

Nos jardins da Ilha de Kampa, bem próximo à Ponte Carlos, estão os Bebês Gigantes que parecem engatinhar, sem rostos definidos e com símbolo de código de barras nas faces. As estátuas, segundo Cerny, são um protesto ao comunismo, cuja repressão faria os jovens crescerem sem identidade definida. Os Bebês estão presentes, também, à Torre de TV de Praga.

 

Os Bebês Gigantes, à Ilha de Kampa

 

A Torre de TV e os Bebês Gigantes

Andando pelo bairro de Malá Strana, em meio a uma área verde, existe uma série de estátuas, distribuídas nos degraus, de homens raquíticos e desfigurados. Segundo o seu autor, o artista Olbram Zoubec, as esculturas representam o efeito do comunismo na sociedade.

 

As estátuas de Olbram Zoubec

Em frente à Prefeitura da cidade de Praga e ao lado da Companhia de Seguros, está a gigantesca cabeça de Káfka, igualmente, de autoria de David Cerny. A estrutura é espelhada, articulada e possui 42 camadas móveis, 11 metros e 39 toneladas. Os movimentos são contínuos e produzem um efeito muito interessante, atraindo inúmeras pessoas.

 

Cabeça de Káfka, em frente à Prefeitura da cidade de Praga, República Tcheca

À rua Stepanská, 61, dentro da Galeria Lucerna, é possível ver a Estátua do Cavalo, de David Cerny. O cavalo está de cabeça para baixo, com São Venceslau em cima.

 

Estátua do Cavalo

Outra curiosa escultura, localizada à rua Husova, 4, no bairro Stare Mesto, é a figura de Freud, dependurado, simbolizando o psicanalista diante das incertezas do século XX, segundo o seu autor, David Cerny.

 

O Homem Dependurado, homenagem de David Cerny ao psicanalista Freud

 

Estátua de Káfka

À Dusni Street, encontramos outra estátua de Káfka: o famoso escritor nos ombros de um homem sem cabeça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *