Biblioteca Nacional Austríaca

Localizada em Viena, a Biblioteca Nacional da Áustria foi construída no século XVIII, em estilo barroco, pelo imperador Carlos VI. A corte a usava como biblioteca e local para reuniões dos intelectuais da época. Atualmente, é considerada uma das mais belas e importantes bibliotecas históricas do mundo.

O salão principal, denominado Salão Imperial ou Prunksaal, possui mais de 70 metros de estantes de madeira de castanho, ricamente entalhadas e acompanhadas por estátuas de mármore. Ali, estão conservados mais de 200.000 livros impressos, entre os anos 1500 a 1850, dos mais variados assuntos: desde romances da época a livros científicos de física e medicina. Uma grande parte do acervo pertenceu ao Príncipe Eugenio de Saboya, amante das artes e da literatura.

Logo à entrada, no salão principal, chama a atenção as pinturas e afrescos no teto, o mosaico do piso em mármore e, também, as belas colunas. Além dos livros, a biblioteca guarda uma rica coleção de papiros, mapas e desenhos. Entretanto, o que mais me impressionou foi a coleção de globos terrestres de variados tamanhos, retratando a concepção dos continentes de acordo com os conhecimentos de suas épocas.

A Biblioteca está localizada bem ao centro de Viena, na rua Josefsplatz, número 1, e faz parte do complexo arquitetônico denominado Palácio Hofburg. Está aberta, diariamente, ao público, de 9 às 21 horas. Crianças e jovens, com até 19 anos, não pagam. O metrô Herrengasse, linha U3, ou o ônibus Albertinaplatz, linha 3A, servem a região.

 

Fachada e entrada da Biblioteca Nacional de Viena, Áustria

 

Interior da Biblioteca Nacional

 

O grande salão da Biblioteca de Viena

 

Detalhes do teto e das belíssimas estantes

 

Estátuas na Biblioteca de Viena

 

Um dos impressionantes globos terrestres expostos

 

Alguns livros estão expostos abertos, para apreciação

 

Biblioteca Nacional de Viena, Áustria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *