Delft e a Porcelana Azul

Delft é uma graciosa cidade holandesa, distante apenas 60 km de Amsterdam, onde nasceu o famoso pintor Johannes Vermeer, autor do quadro Moça com Brincos de Pérola. A vida e obra desse pintor estão expostas no Museu Vermeer Centrum Delft.

A cidade possui uma igreja de grandes dimensões, construída entre os anos 1383 e 1510: a Nieuwe Kerk (localizada à sua praça principal). Nela estão enterrados vários membros da família real holandesa, com destaque para o Mausoléu de Guilherme de Orange. O prédio da Prefeitura, em estilo renascentista, é outra construção, de 1618, em destaque de Delft. Minha experiência na cidade, durante o inverno, foi muito encantadora: através das suas ruazinhas cobertas de neve e repletas de restaurantes aconchegantes.

Contudo, o que mais atrai os visitantes a Delft é a famosa porcelana típica da Holanda, a Delft Blue, originária na cidade e produzida desde o século XVII. Os primeiros artesãos se inspiraram na técnica chinesa de pintura à mão, com leveza e graciosidade. As peças, brancas e azuis, retratam,  principalmente, a natureza e as paisagens holandesas. Objetos de Delft Blue já foram sinônimos de riqueza e nobreza. Em seu apogeu, existiram 33 fábricas de porcelana. Atualmente, restou, praticamente, apenas uma: a Royal Delft, aberta à visitação. Por todo o país, são vendidos os mais diversos objetos com referência à famosa porcelana.

Para chegar a Delft, o trem da Estação Central de Amsterdam serve a linda cidade. O percurso, de uma hora, é realizado atravessando-se belíssimas paisagens. Diversos horários de trem estão disponíveis. Portanto, é uma excelente opção de passeio de um dia, a partir de Amsterdam.

 

Entrada da cidade de Delft

 

A Praça Principal de Delft

 

Ruas de Delft, durante o inverno

 

Igreja Nieuwe Kerk

 

Vista de Delft com a Igreja OudeKerk

 

Delft Blue

 

Objetos em Delft Blue

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *