Kremlin: Símbolo do Poder Russo

Kremlin é uma área de Moscou na qual funciona a sede do governo da Rússia e é, também, residência de seu presidente – há séculos, é símbolo do poder desse Estado. No final do século XV, especificamente, o Czar Ivã III mandou construir diversos edifícios pomposos na região e os arquitetos envolvidos fizeram uma fusão do estilo russo com o estilo renascentista, na criação de igrejas e palácios. A área do Kremlin é cercada por um muro de tijolos avermelhados (kreml significa fortaleza) e, desde 1955, é aberta, parcialmente, à visitação pública. Por volta de 1930, as construções foram depredadas por ordem de Stálin.

A muralha possui  algumas torres e a mais importante é a Torre da Trindade, com 76 metros de altura e sete andares, e é a porta de entrada para os visitantes. Os ingressos são vendidos em um  prédio anexo, bem próximo à Torre. Existem muitos guichês, mas a confusão predomina: má sinalização e poucas pessoas que falam o inglês. Talvez, esse problema seja resolvido com a Copa do Mundo de Futebol.

 

Muro do Kremlin e algumas de suas torres, em Moscou, na Rússia

 

Detalhe do muro do Kremlin

 

Bilheteria para a entrada ao Kremlin

 

Torre da Trindade e entrada do Kremlin

Ao entrar no Kremlin, a construção que mais me chamou a atenção foi a Catedral da Assunção. O belíssimo prédio conta com afrescos, detalhes dourados e cúpulas facetadas com cruzes ortodoxas. A entrada da Catedral é um portal do ano de 1401, decorado com afrescos do século XVII. Em seu interior, decoração ainda mais esplendorosa enriquece a visita do turista.

 

Catedral da Assunção, Moscou

 

A Catedral da Assunção e seus afrescos, na fachada

Impressionante e digno de nota é o Sino do Tsar (ou Czar), o maior do mundo e que pesa 200 toneladas. O sino ficava no prédio do Campanário de Ivã e, em 1701, caiu e se partiu. Hoje, o sino está exposto na praça do Kremlin, com o fragmento de 11 toneladas.

 

O sino do Tsar

 

Sino do Tsar

 

Campanário do Ivã

O canhão do Czar é outra peça surpreendente, exposta no Kremlin. Construído em 1586, é considerado o maior do mundo. O tubo, com mais de 5 metros de comprimento, pesa 40 toneladas. O canhão é todo ornamentado em relevo. Apesar de toda imponência, nunca foi usado em guerra e, aparentemente, foi construído para demonstrar o poder militar russo.

 

Canhão do Czar

 

Canhão do Czar, vista da Catedral da Assunção e do Campanário de Ivã

A Catedral da Anunciação destaca-se na paisagem do Kremlin, com sua estrutura de cor branca e lindas cúpulas douradas. Seu interior possui galerias cobertas por afrescos de artistas russos do século XVI.

 

A gloriosa Catedral da Anunciação

O Arsenal do Estado, uma bela construção com fachada branca e amarela, foi erguido entre 1844 e 1851. Atualmente, é um museu que contém magníficas coleções imperiais de artes decorativas e o Fundo de Diamantes do Estado.

 

Arsenal do Estado e a Torre de Borovitskaya

O Palácio Facetado possui uma singular fachada de pedra e foi erguido em 1485. É o que restou do antigo Palácio Real, do século XV. Projetado por arquitetos italianos, possui um amplo salão principal finamente decorado com afrescos e detalhes dourados: um luxo impressionante que contrasta com a aparente modesta fachada.

 

Palácio Facetado

 

Luxuoso salão do Palácio Facetado, Moscou, Rússia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *