Mercado Central de Florença

Os mercados, de um modo geral, são lugares ideais para conhecer o cotidiano e a gastronomia de uma cidade. O Mercado Central de Florença é um passeio inesquecível e experiência de sabores, cores e cultura italianas. Localizado bem ao centro da cidade, na Via Panicale e Piazza del Mercato, está em belo edifício do século XIX que se destaca na paisagem, com arquitetura em ferro e vidro. O Mercado foi criado em 2014 , com o objetivo de resgatar e concentrar as tradições gastronômicas dos artesãoos da região da Toscana e atender, ao mesmo tempo, as demandas dos moradores e do turismo, cada vez mais crescentes.

Aberto, diariamente, de 8hs à meia noite, possui 2 andares. No primeiro, ficam as lojas especializadas em pães, salames, presuntos, massas, temperos, peixes, vinhos, queijos e tudo mais que transformam a Toscana em um dos lugares mais saborosos do mundo. O que, também, chama a atenção do visitante, tornando-o mais atrativo, é a receptividade e o atendimento dos comerciantes e vendedores que não poupam esforços para explicar as origens e histórias dos alimentos.

A variedade de vinhos é impressionante. É possível comprar Chianti, Proseco e Lambruscos por preços bem acessíveis ou raridades como Brunello di Montalcino, com selos premiados. Particularmente, gosto muito do licor de limão italiano Limoncello, sendo possível encontrá-lo em garrafas de tamanhos e formas variados.

Passeando por essas lojas, o que primeiro me fascinou foram os enormes presuntos e salames dependurados. A diversidade de temperos é enorme, com destaque para as famosas trufas italianas (tartufos) que possuem cheiro e sabor inigualáveis. Por todo lado exala cheiro de pães caseiro e queijos. Entre esses, recomendo o fino sabor dos pecorinos (queijo de leite de ovelha, duro e com sabor forte e marcante). Além deles, o parmesão e as mussarelas dominam as vitrines.

É impossível passear pelo Mercado Central e não comprar algum produto. Felizmente, as lojas estão bem preparadas, com embalagens de todos os tipos, para viagem, mas é bom ficar atento aos pesos máximos permitidos nos voos.

Nas minhas diversas idas ao Mercado Central de Florença, conheci uma vendedora muito especial, Cristina Manetti, que atende os turistas com muito carinho .

O segundo andar do Mercado é destinado a diversos restaurantes que oferecem boa gastronomia, a custo razoável. O ambiente é bem descontraído, mas organizado e, até mesmo, com um toque clássico. As mesas são grandes para serem compartilhadas. É possível experimentar deliciosas pastas frescas e artesanais com os mais incríveis molhos e pratos típicos, como a bisteca fiorentina. Irresistíveis, também, são os drinks à base de Aperol (bebida de coloração laranja, formada a partir da infusão de diferentes ervas e raízes). Existe, ainda, uma enoteca, uma escola de culinária e uma loja que vende artigos de futebol do time local, a Fiorentina.

Interior do Mercado Central de Florença
Variedade de queijos
Presuntos e queijos
Os famosos licores de limão
Temperos com destaque para os vinagres balsâmicos
Temperos e massas coloridas
Presuntos e embutidos em geral

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *