Montmartre: o Encanto da Boemia de Paris

Montmartre é mais do que um bairro em Paris: é uma pequena aldeia localizada na única colina da cidade, cheia de charme com ruas de paralelepípedos, por onde passavam, em distante passado, Renoir, Picasso e Toulouse, entre tantos outros. No final do século XIX ficou conhecido por seus cabarés e era o centro da boemia parisiense.

Para chegar até lá, o ideal é pegar a linha de metrô nº 2 e descer na estação Anvers, onde bem em frente existe uma rua que leva direto à parte mais alta. O local é cheio de lojas de souvenires, que são as minhas preferidas para compras de lembrancinhas de Paris, e de vendedores ambulantes.

Em seguida, para chegar ao topo da colina, existem duas opções: subir as escadarias a pé ou pegar o funicular (o mesmo passe do metrô permite acesso ao funicular). A colina é coroada pela Basílica do Sacré-Coeur, de arquitetura neobizantina com seu domo em estilo oriental. As pessoas se concentram nas escadarias da Igreja, onde artistas de rua fazem apresentações, para admirarem a mais bela vista da Cidade Luz.

O que mais me fascina em Montmartre são as ruazinhas por atrás da Basílica. Perambulando por paralelepípedos, escadarias românicas e por, até, dois moinhos, é difícil acreditar que estamos na agitada Paris. Algumas dessas ruelas encantadoras estão, completamente, cobertas por parreirais. Casinhas coloridas e decoradas complementam esse incrível cenário.

A Place du Tertre é uma praça lotada de artistas que realizam os seus trabalhos ao ar livre, sendo outro lugar imperdível.

Ponto de parada obrigatório, o restaurante La Mère Catherine, fundado em 1793 e que teria dado origem ao termo bistrô, serve vinho de Montmartre, produzido nos vinhedos do bairro. Recomendo-o pelo bom atendimento e excelente culinária. Diversos outros restaurantes e cafés estão espalhados pelas ruazinhas.

O bairro, também, possui um pequeno museu que conta a história local, através de fotos de pessoas famosas e anônimos que frequentavam a boemia da época. O cemitério, onde estão os túmulos de Hector Berlioz, Émile Zola e outros compositores e escritores, igualmente, vale uma visita.

 

Montmartre

 

Funicular

 

Vista de Paris a partir de Montmartre

 

Vista de Paris a partir de Montmartre

 

Catedral do Sacré-Coeur

 

Catedral do Sacré-Coeur

 

Charmosas escadarias de Montmartre

 

Place du Tertre

 

Interior do Restaurante La Mére Catherine

 

Ruas de Montmartre

 

Montmartre

 

 

Restaurante em Montmartre

 

Ruelas de Montmartre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *