Museu Nacional dos Coches

O Museu das Carruagens, ou Museu dos Coches, foi inaugurado em Lisboa, em 1905, e em 2015 ganhou instalações novas, mais modernas e com maior acessibilidade. O acervo reúne carruagens, charretes, liteiras que pertenceram à nobreza e realeza dos séculos XVI a XIX. A maioria das peças são provenientes da própria coroa portuguesa.

É considerado o maior museu do gênero no mundo. Além dos 70 veículos expostos, o visitante tem a oportunidade de ver roupas e utensílios utilizados pelos cocheiros e, também, diversos adornos e aparatos que eram colocados nos cavalos. É uma excelente oportunidade para a compreensão da evolução dos transportes, antes do surgimento do automóvel.

Mais do que veículos, os coches eram uma obra de arte e, igualmente, a marca registrada de seus donos. Fiquei fascinada com os detalhes entalhados nas madeiras e com os objetos com os quais eram adornados. Além do luxo, é possível conhecer todas as tentativas de conforto aos usuários, através da delicadeza dos tecidos e revestimento dos tetos. As rodas das carruagens são uma atração a parte: muitas com decorações belíssimas. Difícil imaginar como peças tão artísticas se deslocavam pelas ruas de calçamento de pedras da época.

O Museu funciona de terça a domingo, de 10 às 18 horas. Está localizado na Avenida da Índia, 136. As linhas de ônibus 28, 714, 727 e 751, e o bonde 15, servem a região.

 

Vista de parte da coleção do Museu das Carruagens, Lisboa, Portugal

 

Coche de Dom João VI, do século XVIII

 

Coche de viagem da Casa Real, do século XVIII, construído na França

 

Parte traseira do Coche dos Oceanos, do século XVIII, que pertenceu ao Papa Clemente XI. As figuras mitológicas de mãos dadas representam os oceanos Atlântico e Índico, homenagem ao Cabo da Boa Esperança

 

Viatura utilizada por D. Maria I, do final do século XVIII

 

Detalhes de uma roda de madeira

 

Liteira italiana, utilizada para transportes rápidos

 

Arreios do século XIX

 

Roupas de Cocheiro

 

Charrete infantil

 

Estribos e outros adornos, Museu dos Coches, Lisboa, Portugal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *