Neuschwanstein: o Castelo do Conto de Fadas

O Castelo de Neuschwanstein, um dos mais bonitos do mundo, está localizado no município de Füssen, na região da Baviera (Alemanha), próximo à fronteira com a Áustria. Foi erguido, entre 1869 e 1892, por Luís II da Baviera, inspirado na obra do seu grande amigo, o compositor Richard Wagner, para o qual dedicou a construção do Castelo. O rei faleceu antes da conclusão da obra e não pôde assistir à apresentação de Wagner em um dos salões destinados à música.

O complexo arquitetônico está localizado ao alto de uma montanha e ocupa cerca de 6.000 metros quadrados, quatro andares e inúmeras torres. Participaram da construção: Christian Jank (famoso pelas construções de cenários teatrais), autor do projeto inicial, e mais três grandes arquitetos da época. A beleza majestosa do edifício inspirou Walt Disney na construção do famoso Castelo da Cinderela, um dos símbolos do seu parque de diversões. Mais recentemente, serviu de inspiração para outras produções cinematográficas, como Cavaleiros do Zodíaco e Os Feiticeiros de Waverly Place.

Neuschwanstein é considerado um avanço tecnológico da época, devido ao sistema de canalização de água, ventilação e aquecimento. Apesar de ser o monumento mais fotografado da Alemanha, seu interior é bem resguardado e a maior parte é fechada às visitações. Uma das salas mais surpreendentes é a que imita uma caverna com estalactites e estalagmites.

O Castelo recebe até 6.000 visitantes por dia, durante a alta temporada do verão. Contudo, em qualquer época do ano a visitação é imperdível. No município de Füssen, o visitante encontra diversas placas indicativas para acesso ao Castelo. Alguns aventureiros preferem subir a montanha, a pé, mas o trajeto é bem íngreme, úmido e escorregadio (devido às constantes chuvas). A área de venda dos ingressos fica no sopé da montanha. Esses podem ser adquiridos, também, pela internet. Para subir ao Castelo, existem as opções de ônibus e charrete. Apesar do ônibus ser a maneira mais rápida e barata, possui o inconveniente de não funcionar com tempo ruim: neve ou muita chuva. A charrete, sem dúvida, é a maneira mais divertida, apesar da mais demorada. É comum longas filas para conseguir um lugar nessas. Tanto de charrete, quanto de ônibus, o visitante precisa descer a 500 metros da entrada do Castelo para continuar a pé.

No caminho até Neuschwanstein, é obrigatória a parada na Ponte da Maria (Marienbrücke) que fica no meio do vale, para apreciar a vista mais espetacular do monumento. Para quem tem medo de lugares altos ou sofre de vertigens, não aconselho seguir até ali. É o local onde é possível fotografar todo o Castelo e apreciar os seus detalhes. De suas torres, tem-se uma visão magnífica da natureza que o circunda.

 

O Castelo de Neuschwanstein, Füssen, Alemanha

 

Sinalização na base da montanha e a área de venda dos ingressos

 

Vista do belíssimo Castelo de Neuschwanstein

 

Caminho até o Castelo

 

Detalhes das torres do Castelo

 

Detalhes do Castelo de Neuschwanstein, em Füssen, na Alemanha

2 pensamentos em “Neuschwanstein: o Castelo do Conto de Fadas”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *