Pisa e o Campanário Inclinado

Pisa é uma cidade italiana na região da Toscana, com cerca de 90 mil habitantes, e distante a, apenas, 100 km de Florença, de onde partem diversos trens diários. A principal atração da cidade é a Piazza Duomo, ampla praça no Campo dei Miracoli, onde estão localizados a belíssima Catedral, o Batistério e o Campanário. Esse último é mundialmente conhecido como a Torre de Pisa, famosa por ser uma construção inclinada, aparentemente desafiando as leis da gravidade.

A Catedral é considerada um dos mais belos edifícios em estilo românico, com sua fachada em quatro fileiras de colunas entremeadas por arcadas. Na entrada, existe um rico portal em bronze, do ano de 1180, com figuras em alto relevo. No interior, destacam-se o púlpito esculpido por Giovanni Pisano, um belo mosaico de Cristo e o túmulo do imperador Henrique VII.

O Batistério, em homenagem a São João Batista, possui 55 metros de altura e a cúpula, com 107 metros de circunferência, destaca-se na paisagem. O seu interior, bem simples, contrasta com a fachada e possui acústica bastante curiosa, com ecos de sons de vários segundos de duração.

A Torre de Pisa, com 56 metros de altura, foi concebida pelo arquiteto Bonnano Pisano e, apesar do projeto inicial ser totalmente na vertical, começou a se inclinar para sudeste, logo após a sua construção em 1173, devido à fundação do solo ter sido mal consolidada. Posteriormente, a construção ficou paralisada por quase um século, devido às diversas guerras locais. Esse tempo foi fundamental para que o solo subjacente se ajustasse, dando estabilidade à Torre. Em 1272, a obra foi retomada pelo arquiteto Giovanni di Simone que, para compensar a inclinação, colocou andares mais largos que os outros, levando a inclinação da Torre para o lado oposto. Novamente, a construção foi interrompida e retomada, apenas, em 1319. A Torre continuou a se mover bem lentamente, até que, em 2008, um projeto arquitetônico realizou a retirada de 70 toneladas de terra e essa, finalmente, parou de se mover. Acredita-se que, atualmente, a Torre de Pisa ficará estável por, pelo menos, mais de 200 anos. O ângulo de inclinação atual é de 3,97 graus e o peso é de cerca de 15 mil toneladas.

O monumento em mármore branco é um dos mais visitados na Europa e símbolo da Itália. Portanto, a região está sempre repleta por turistas. Entretanto, um dia de passeio é o suficiente para admirar todas as atrações. Uma boa sugestão é combinar o passeio à Pisa com o da cidade de Lucca, distantes por poucos quilômetros e interligadas por trem. No caminho para a Torre e a Catedral, existem infinidades de barracas vendendo souveniers e produtos tipicamente italianos, deixando a região ainda mais confusa. No verão e nos horários de pico, os turistas se acotovelam buscando espaço mais propício para fotografar a Torre e a região apresenta elevadas temperaturas, onde cuidados com roupas e hidratação são necessários.

 

Visão da Catedral e da Torre de Pisa, na cidade de Pisa, Itália

 

O Batistério

 

O Campanário, Torre de Pisa

 

O Batistério, a Catedral e a Torre

 

Visão da Torre de Pisa

 

Placa da Unesco, elevando o local à Patrimônio da Humanidade

 

Aglomerado de turistas em direção à Torre

 

Caminho em direção à Torre de Pisa, com diversas barracas de souveniers

 

Lojas de souveniers próximas à Torre de Pisa

 

Visão da Catedral e da Torre de Pisa, Pisa, Itália

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *