Praga: a Cidade das 100 cúpulas

Praga, capital da República Tcheca, é uma das mais belas cidades do mundo. A sua origem está no século X, quando ficou conhecida por ser um ponto de encontro dos mercadores da época, devido à sua localização estratégica. Ao final da Idade Média, atingiu a sua glória, quando o imperador Carlos IV decidiu transformá-la na cidade mais suntuosa de toda a Europa. Com a chegada do Renascimento, Praga virou refúgio dos artistas e astrônomos. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi por muitas vezes protegida dos bombardeios, pois Hitler tinha um encanto especial pela cidade.

 

Praga e suas cúpulas

 

 

A cidade está bem conectada com o restante da Europa, através de voos para diversas capitais, além das ligações por trem e ônibus. O aeroporto de Ruzyne/Vaclav fica a 30 minutos do centro de Praga e as estações de trem Hlvni e de ônibus Florenc estão a poucos minutos do mesmo. Para se deslocar por táxi, é importante perguntar ao motorista o valor da corrida, previamente. Existem muitas reclamações relacionadas ao serviço de táxi da cidade.

 

 

O conjunto arquitetônico da cidade impressiona. Praga é repleta de construções góticas, barrocas e neogóticas, visivelmente distinguidas pelas cúpulas. A cidade, também, possui palácios e jardins. O Rio Moldava, antes de encontrar com o Rio Elba, atravessa a cidade, contanto com belíssimas pontes.

 

Ponte Carlos

 

Praga e o Rio Moldava

 

Praga

Qualquer época do ano é favorável para se visitar Praga. Porém, é bom lembrar, que no verão, especificamente nos meses de julho e agosto, a cidade fica mais lotada por turistas. A cidade possui inúmeras atrações e a vida cultural é intensa, portanto, é aconselhável, ao menos, 4 dias  para conhecê-la. A rede de hotelaria é bem diversificada. O ideal é a hospedagem na Cidade Velha ou em Malá Strana, facilitando o acesso à maioria das atrações, sem a necessidade de transportes. Na Cidade Velha, indico o Hotel U-Prince e, em Malá Strana, o Hotel Boutique Constans. Já um pouco mais distante do centro, existem boas opções de hospedagem, como: o Hotel Don Giovani e o NH Prague City, ambos com acesso ao metrô, até ao centro. Para informações sobre hotéis e reservas com melhor tarifa, consulte alessandra@traveltour.com.br.

 

A Praça da Cidade Velha, Staroméstské Namésti, onde está localizado o famoso relógio astronômico, é um dos locais de maior concentração turística. Próxima à praça, a Ponte Carlos é um dos locais mais fascinantes da cidade.

O Castelo de Praga é o maior do mundo e impressiona pela opulência. Um passeio imperdível é o de caminhar do centro até ao Castelo, passando pela Ponte Carlos.

 

 

Praga possui diversos museus. O mais visitado é o Museu do escritor tcheco Franz Kafka que conta a vida e a obra do autor. O Museu está localizado próximo à Ponte Carlos. O Museu Nacional, na praça Wencesláu. possui uma rica coleção de arte de diversas épocas. Outros museus, como o da Tortura Medieval e o do Comunismo, também, são interessantes.

 

Praga

Praga é conhecida, igualmente, como o lar das melhores cervejas do mundo. Pela cidade, existem diversos pubs e restaurantes com uma enorme variedade de”Pivo”(cerveja, em tcheco). Geralmente, são vendidas em copos de 500 ml e não tão geladas quanto no Brasil. A minha cerveja preferida é a Pilsner Urquell, mas existem centenas de outras marcas, inclusive artesanais. O Festival de Cervejas acontece em todo o mês de maio, no Centro de Exposição. Para acompanhamento, pratos típicos à base de carne de porco com batatas.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *